Economia

PSI fecha no "vermelho". BCP foi a única cotada que cresceu

15 setembro 2022 17:38

thana prasongsin/getty images

O PSI perdeu mais de 1% na sessão desta quinta-feira. Semapa liderou as perdas, seguida pela Galp. BCP foi a única cotada que encerrou em alta

15 setembro 2022 17:38

O PSI, índice de referência da bolsa portuguesa, fechou a sessão desta quinta-feira novamente no “vermelho”, com uma desvalorização de 1,01%, para 5971,16 pontos. Só o BCP terminou o dia em alta.

Das 15 cotadas que compõem o índice de referência português, só o BCP, um dos “pesos pesados” (cotadas que mais influenciam o PSI), é que fechou em terreno positivo. O banco avançou 2,58%, para 0,147 euros por ação, após perdas sucessivas.

Já as outras 14 cotadas encerraram o dia em terreno negativo, incluindo a EDP, EDP Renováveis, Jerónimo Martins e Galp.

Deste grupo foi a petrolífera aquela que viu a maior queda, ao perder 2,21%, para 10,39 euros por ação. Já a EDP Renováveis caiu 1,82%, para 24,32 euros, a EDP perdeu 1,13%, para 4,9 euros, e a retalhista registou uma perda de 1,22%, para 22,6 euros.

Porém, a cotada que liderou as perdas foi a Semapa, que caiu 3,29%, para 13,54 euros por ação.

Na Europa não há uma tendência clara, se Londres e Madrid encerraram a subir, o mesmo não se pode dizer de Paris, Frankfurt ou até do índice de referência europeu, que perdeu cerca de 0,6%.