Economia

PIB do G20 cai 0,4% no segundo trimestre, em contraciclo com o dos países da OCDE

13 setembro 2022 11:10

foto getty images

O produto interno bruto do G20 registou uma contração no segundo trimestre devido à China, cujos confinamentos de contenção da pandemia tiveram impacto na atividade económica

13 setembro 2022 11:10

O produto interno bruto (PIB) das economias dos países do G20 caiu 0,4% no segundo trimestre de 2022 face ao anterior, em contraciclo com o desempenho dos 38 países que compõem a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), cujo PIB cresceu 0,4% em cadeia, segundo um comunicado divulgado esta terça-feira, 13 de setembro, pela OCDE.

A China pesou nas contas do PIB do G20, grupo de países que agrega as 20 maiores economias do mundo. Depois de ter crescido 1,4% no primeiro trimestre, o PIB chinês recuou 2,6% no segundo trimestre face ao anterior, devido aos confinamentos de milhões de pessoas no período em questão para conter a propagação do vírus da covid-19.

A Índia registou igualmente uma contração, com uma descida de 1,4% do PIB, tal como a África do Sul (-0,7%) e o Reino Unido e os Estados Unidos, ambos com uma queda de 0,1%.

Segundo a OCDE, o crescimento abrandou, mas continuou, na Arábia Saudita, na Indonésia, no México, e na Alemanha, com aumentos do PIB em cadeia de 2,2%, 1%, 0,9%, e 0,1%, respetivamente.

Segundo a organização, “apesar da contração do PIB na área do G20, a Austrália, o Brasil, a Itália, o Japão, a Coreia, e a Turquia registaram um crescimento mais forte no segundo trimestre de 2022 do que no trimestre anterior”.

O G20 é composto pela Argentina, Austrália, Brasil, Canadá, China, França, Alemanha, Índia, Indonésia, Itália, Japão, República da Coreia, México, Rússia, Arábia Saudita, África do Sul, Turquia, Reino Unido, Estados Unidos, e pela União Europeia.

A OCDE tem como estados-membros a Alemanha, Austrália, Áustria, Bélgica, Canadá, Chile, Colômbia, Coreia do Sul, Costa Rica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Estados Unidos, Estónia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Irlanda, Islândia, Israel, Itália, Japão, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, México, Noruega, Nova Zelândia, Países Baixos, Polónia, Portugal, Reino Unido, República Checa, Suécia, Suíça e Turquia.