Economia

Banco suíço UBS aumenta dividendo para 2022 em quase 10%

13 setembro 2022 8:09

D.R.

O UBS anunciou que irá remunerar os seus acionistas com mais dividendos, devido ao falhanço da compra de uma empresa, a Wealthfront, que deixou o banco com dinheiro a mais em mão

13 setembro 2022 8:09

O banco suíço UBS anunciou esta terça-feira, 13 de setembro, que irá aumentar em quase 10% o dividendo previsto para 2022 e que prevê ultrapassar o montante definido para o programa de recompra de ações, de acordo com a agência Reuters.

O dividendo vai subir de 0,51 dólares (0,51 euros ao câmbio atual) para 0,55 dólares (0,55 euros) por ação, de acordo com o comunicado do banco.

O comunicado desta terça-feira acrescentava que o banco previa ultrapassar os 5 mil milhões de dólares (5 mil milhões de euros) em recompra de ações no ano de 2022, tendo o UBS, ao dia 9 de setembro, readquirido 4,1 mil milhões de dólares (4,1 mil milhões de euros) em ações próprias.

Segundo a Reuters, que cita analistas de mercado, a revisão em alta desta remuneração extra deve-se ao cancelamento da compra pelo banco da Wealthfront, empresa de serviços de investimento automatizados, num negócio que seria de 1,4 mil milhões de dólares (1,4 mil milhões de euros).

O banco disse no comunicado, citado pela agência, que iria, aquando do anúncio dos resultados do quarto trimestre, “continuar a efetuar recompras de ações e a ter um dividendo progressivo”.