Economia

PSI contraria Europa e fecha em alta, à boleia das energéticas

22 agosto 2022 17:08

thana prasongsin/getty images

O PSI terminou o dia em terreno positivo, ao contrário das grandes praças europeias. As energéticas estiveram em destaque e animaram o índice, mas o BCP perdeu mais de 2%

22 agosto 2022 17:08

O PSI, índice de referência da bolsa portuguesa, fechou a sessão desta segunda-feira em terreno positivo, com uma ligeira valorização de 0,09%, para 6269,44 pontos. As energéticas destacaram-se, sendo que a REN liderou os ganhos do dia.

Das 15 cotadas que compõem o índice de referência português, sete encerraram o dia em alta, nomeadamente as energéticas, que estiveram em destaque no primeiro dia da semana.

Em primeiro lugar, a REN, que avançou 1,27%, para 2,8 euros por ação, foi a cotada que mais ganhou. Entre as energéticas, também a Galp, EDP e EDP Renováveis terminaram o dia no "verde", ao subir 0,05%, 0,9% e 0,42%, respetivamente, para 10,805, 5,174 e 26,18 euros por ação.

Em terreno positivo ficou também a "gigante" Jerónimo Martins, dona do Pingo Doce. A retalhista ganhou 0,96%, para 23,22 euros por ação.

A outra energética que pertence ao PSI, a Greenvolt, perdeu 0,57%, para 10,44 euros por ação.

Além da Greenvolt, outras sete cotadas terminaram o dia em baixa. Entre elas o "peso pesado" BCP, que derrapou 2,17%, para 0,1446 euros por ação.

Lisboa contraria, assim, a Europa, onde as principais praças encerraram no "vermelho". O índice de referência europeu, Stoxx 600, perdeu 1%.