Economia

Lucro da Deutsche Telekom cai 22,3% para 1,5 mil milhões de euros

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

O resultado líquido da Deutsche Telekom caiu 22,3% no segundo trimestre, em termos homólogos, para 1460 milhões de euros. No semestre, contudo, subiu 92%

O resultado líquido da Deutsche Telekom caiu 22,3% no segundo trimestre, em termos homólogos, para 1460 milhões de euros, e subiu 92% para 5409 milhões de euros no semestre, divulgou esta quinta-feira, 11 de agosto, o grupo de telecomunicações.

De acordo com o comunicado, no segundo trimestre as receitas cresceram 5,9% para 28.168 milhões de euros, e no primeiro semestre estas ascenderam a 56.191 milhões de euros, mais 6,1% que um ano antes.

O resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) ajustado AL cresceu 5% para 9891 milhões de euros e no semestre a evolução foi de 5,9% (para 19.763 milhões de euros).

Em comunicado, o grupo de telecomunicações alemão salienta que a Deutsche Telekom "apresentou novamente fortes ganhos" no segundo trimestre deste ano, o que lhe permite rever em alta o 'guidance' (orientação) pela segunda vez este ano.

Agora, o EBITDA ajustado AL esperado passa a ser de 37 mil milhões de euros, acima dos 36,6 mil milhões de euros previstos no 'guidance' anterior.

"Isto é atribuível tanto ao desenvolvimento positivo dos negócios da T-Mobile US quanto ao forte desempenho fora dos Estados Unidos", adianta a empresa, no comunicado, referindo que o 'free cash flow' AL deverá atingir mais de 10.000 milhões de euros no inteiro.

A operadora espera que o negócio, excluindo os Estados Unidos, tenha uma contribuição maior do que o previsto anteriormente.

"Continuamos a crescer, apesar do ambiente económico difícil”, afirmou Tim Höttges, presidente do Conselho de Administração da Deutsche Telekom, citado em comunicado.

"Estamos no caminho certo este ano para atingir as nossas ambiciosas metas anunciadas no Dia do Mercado de Capitais de 2021. Os nossos investimentos estão a dar resultados", rematou o gestor.

Tem dúvidas, sugestões ou críticas? Envie-me um e-mail: clubeexpresso@expresso.impresa.pt

Comentários

Assine e junte-se ao novo fórum de comentários

Conheça a opinião de outros assinantes do Expresso e as respostas dos nossos jornalistas. Exclusivo para assinantes

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para se juntar ao debate
+ Vistas