Economia

Disney ultrapassa Netflix em número de assinantes

Disney ultrapassa Netflix em número de assinantes

A Disney ultrapassou a Netflix em número de subscritores no segundo trimestre de 2022, tendo chegado ao final de junho com 221,1 milhões de assinantes

A Disney ultrapassou a Netflix em número de subscritores no segundo trimestre de 2022, tendo chegado ao final de junho com 221,1 milhões de assinantes, de acordo com os dados divulgados pela casa-mãe, a The Walt Disney Company, na quarta-feira, 10 de agosto. A Netflix tinha, na mesma altura, 220,7 milhões de subscritores, segundo o "Financial Times" desta quinta-feira, 11 de agosto.

Contudo, ao passo que os assinantes da Netflix dizem respeito a uma plataforma, os números da Disney dizem respeito aos serviços Hulu, Disney+, e ESPN+.

A pioneira do 'streaming', a Netflix, está a ter um ano terrível com perdas de assinantes que, no segundo trimestre, foram quase de um milhão. Estes resultados levaram a uma desvalorização das ações em bolsa de 59% desde o início do ano e a despedimentos de mais de 300 funcionários.

Mas não é a única empresa de media a ser afetada pela tendência baixista na bolsa, ameaçadas pelos ventos adversos da inflação e das perspetivas de recessão.

Em contraciclo, a Disney+, lançada em 2017, que tem vindo a aproveitar a popularidade do 'filão' Star Wars e a lançar séries como "Obi-Wan Kenobi", aumentou no trimestre o número de assinantes em 14,4 milhões. À semelhança da Netflix, prepara-se para lançar diferentes tipos de assinatura, com e sem anúncios, com diferentes preços.

Tem dúvidas, sugestões ou críticas? Envie-me um e-mail: piquete@expresso.impresa.pt

Comentários

Assine e junte-se ao novo fórum de comentários

Conheça a opinião de outros assinantes do Expresso e as respostas dos nossos jornalistas. Exclusivo para assinantes

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para se juntar ao debate
+ Vistas