Economia

PSI fecha em baixa com BCP a descer quase 5%

13 julho 2022 18:11

Centro Tecnológico do Porto, Euronext Tecnologies

BCP, Greenvolt, Sonae SGPS, Altri e EDP lideraram as quedas

13 julho 2022 18:11

A bolsa de Lisboa encerrou esta quarta-feira em baixa, em linha com as principais praças europeias, tendo o índice PSI recuado 0,97% para 5.863,41 pontos, com o BCP a perder quase 5%.

Das 15 cotadas que integram este índice, 10 desceram, quatro subiram e uma ficou inalterada. O BCP, que liderou as descidas, baixou 4,96% para 0,14 euros.

A Greenvolt desceu 3,32% para 8,15 euros, a Sonae SGPS caiu 1,97% para 1,09 euros, a Altri perdeu 1,78% para 6,09 euros e a EDP caiu 1,51% para 4,62 euros.

Com descidas mais baixas, a Mota-Engil cedeu 1,32% para 1,20 euros e a Corticeira Amorim caiu 1,18% para 10,04 euros.

Com desvalorizações inferiores a 1% fecharam a Jerónimo Martins (20,42 euros), os CTT (3,04 euros) e a Galp (9,81 euros). A Navigator ficou sem variações em 3,82 euros.

Nas subidas, a EDP Renováveis avançou 0,49% para 24,41 euros, a REN somou 0,35% para 2,83 euros, a Semapa subiu 0,30% para 13,38 euros e a NOS ganhou 0,11% para 3,76 euros.

No resto da Europa, Frankfurt caiu 1,16%, Milão 0,93%, Madrid 0,87%, Londres 0,74% e Paris 0,73%, com as perdas a aumentarem depois de terem sido divulgados os números da inflação nos Estados Unidos.

A inflação subiu em junho nos Estados Unidos e atingiu 9,1%, em termos homólogos, o nível mais alto desde novembro de 1981, segundo o índice de preços no consumidor (CPI) divulgado hoje pelo Departamento do Trabalho.

A taxa de inflação e a resposta da Reserva Federal (banco central norte-americano) com uma política monetária mais agressiva têm pressionado Wall Street nos últimos meses e os dados hoje divulgados mostram que a inflação não só continua alta, como tem piorado.

A meio da sessão, a bolsa de Nova Iorque continuava a negociar no 'vermelho', com o Dow Jones a descer 0,56% e o Nasdaq 0,08%.