Economia

PSI-20 segue Europa e abre em terreno negativo

9 novembro 2021 8:33

horacio villalobos/getty images

Das 19 cotadas que compõem o índice de referência português, apenas duas abriram a sessão em alta. Todos os "pesos pesados" se encontram no "vermelho", mas é a Navigator que lidera as quedas. Europa também no "vermelho"

9 novembro 2021 8:33

O PSI-20 começou a sessão desta terça-feira com uma desvalorização de 0,38%, para 5.642,01 pontos, às 8h20. Todos os "pesos pesados" da bolsa se encontram no "vermelho" e apenas duas cotadas em terreno positivo.

Das 19 cotadas que compõem o índice, 11 encontram-se a negociar em baixa, nomeadamente os cinco "pesos pesados", apesar das desvalorizações não serem muito altas.

Dos "gigantes" a EDP Renováveis é quem perde mais, 0,53% para 22,42 euros por ação, logo seguida pela EDP, que desliza 0,44%, para 4,724 euros e também o BCP perde 0,44%, para 0,159 euros. Seguem-se a Galp e a Jerónimo Martins, que caem 0,24% e 0,15%, respetivamente, para 9,058 e 20 euros.

Porém, a maior desvalorização na abertura dos mercados pertence à Navigator, que perde 0,65% para 3,352 euros.

Em sentido inverso, estão apenas duas cotadas: a Novabase e a Ramada, que avançam 0,64% e 0,34%, respetivamente, para 4,72 e 5,9 euros por ação.

Lisboa segue, assim, a Europa que se encontra também no "vermelho" - à exceção do índice DAX 30 (da Alemanha). Por exemplo, o índice de referência europeu, Stoxx 600, segue a "vermelho", com uma desvalorização de menos de 0,1%.