Economia

Santander e BCP aumentam em 18% número de trabalhadores afetados por despedimentos coletivos este ano

30 agosto 2021 14:16

Miguel Maya, presidente executivo do BCP, e Pedro Castro e Almeida, presidente executivo do Santander em Portugal

josé fernandes e tiago miranda

Avançam greves no Santander e BCP contra despedimentos - em que visados são muito acima da média em Portugal

30 agosto 2021 14:16

Até julho deste ano, foram iniciados em Portugal despedimentos coletivos que visavam afastar 2525 trabalhadores. O número vai aumentar e a banca vai dar um forte impulso: os postos de trabalho que o Santander (350) e o BCP (100) pretendem eliminar nos processos que anunciaram vão elevar este valor em cerca de 18%.