Economia

SIC avança com nova emissão de obrigações no valor de €30 milhões

18 maio 2021 20:48

O presidente do conselho de administração da Impresa, Francisco Pinto Balsemão, e o presidente executivo, Francisco Pedro Balsemão

tiago miranda

Emissão designa-se "Obrigações SIC 2021-2025" e pode ser subscrita através de uma oferta pública de subscrição ou de uma oferta pública de troca com as obrigações emitidas em julho de 2019. Pode ser subscrita nos bancos entre 24 de maio e 7 de junho

18 maio 2021 20:48

A SIC - Sociedade Independente de Comunicação, S.A. (“SIC”) avança, em comunicado enviado esta terça-feira à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), que "lançou uma nova emissão de obrigações, designada “Obrigações SIC 2021-2025”, a realizar através de uma oferta pública de subscrição de Obrigações SIC 2021-2025 e de uma oferta pública de troca de Obrigações SIC 2019-2022, emitidas em julho de 2019, por Obrigações SIC 2021-2025". Em junho de 2019 foram emitidas obrigações no valor de 31 milhões de euros.

A emissão, explica a SIC, ascende ao montante global de 30 milhões de euros, podendo as ordens de subscrição ou de troca ser transmitidas junto dos bancos entre 24 de maio e 7 de junho de 2021. Serão emitidas um milhão de obrigações no valor unitário de 30 euros.

A operação de há dois anos ascendeu a 51 milhões de euros e foi um sucesso, com a procura a superar quatro vezes a oferta. A SIC, canal de televisão do grupo Impresa (proprietária do Expresso), conseguiu então conquistar 10.426 investidores. Originalmente a oferta destinava-se a uma emissão de 30 milhões de euros, mas a procura levou a SIC a aumentar a emissão em 21 milhões de euros.

Na nova emissão a data de reembolso será a 11 de junho de 2025, com taxa de juro fixa bruta de 3,95% ao ano. Já as obrigações emitidas pela SIC a 10 de julho de 2019, com reembolso de capital fixado a 11 de julho de 2022, a taxa de juro fixa bruta foi de 4,50% ao ano.

"Para efeitos de troca, sujeito aos critérios de rateio aplicáveis, a cada Obrigação SIC 2019-2022 corresponderá, a título de contrapartida, sujeito a impostos, comissões e outros encargos, uma Obrigação SIC 2021-2025 e um prémio em numerário no valor de €0,4917 (correspondente a 1,639% do valor nominal unitário das Obrigações SIC 2019-2022)", explica a SIC no prospeto de emissão publicado no site da CMVM.

A SIC explica ainda que "na data de liquidação da Oferta Pública de Troca (11 de junho de 2021) serão também pagos os juros corridos entre a data de início do período de contagem de juros em curso das Obrigações SIC 2019-2022 (10 de janeiro de 2021, inclusive) e a data de liquidação, exclusive, no montante de €0,56625 por cada Obrigação SIC 2019-2022, sujeito a impostos, comissões e outros encargos".

A SIC, que é o emitente, tem além do serviço de programas televisivo generalista, os canais temáticos SIC Notícias, SIC Internacional, SIC Radical, SIC Mulher, SIC K, SIC Caras e TXILLO (Canais SIC).

Os bancos coordenadores da emissão obrigacionista são Caixa - Banco de Investimento e o Novo Banco.