Exclusivo

Economia

Como é que as coimas no processo Montepio ficaram reduzidas a metade?

Como é que as coimas no processo Montepio ficaram reduzidas a metade?
NUNO FOX

O Tribunal da Concorrência reduziu, sexta-feira, as coimas aplicadas pelo Banco de Portugal ao Banco Montepio e a sete dos seus ex-responsáveis. Houve três absolvições. Tomás Correia foi quem levou um corte maior na coima aplicada pelo Tribunal. Defesa dos ex-administradores condenados vai recorrer para o Tribunal da Relação. Banco Montepio ainda não decidiu e Banco de Portugal também não

A sentença do Tribunal de Santarém conhecida na passada sexta-feira, 9 de abril, não só reduziu as coimas aplicadas ao Montepio e a sete dos seus ex-administradores como as reduziu para metade do valor, cortando substancialmente o valor nos casos do próprio banco e do seu ex-presidente, António Tomás Correia.

Artigo Exclusivo para assinantes

Assine já por apenas 1,63€ por semana.

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para continuar a ler

Tem dúvidas, sugestões ou críticas? Envie-me um e-mail: IVicente@expresso.impresa.pt

Comentários

Assine e junte-se ao novo fórum de comentários

Conheça a opinião de outros assinantes do Expresso e as respostas dos nossos jornalistas. Exclusivo para assinantes

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para se juntar ao debate
+ Vistas