Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Portugal volta a produzir para a marca Opel

A fábrica de Mangualde do Grupo PSA - que inclui a Peugeot, a Citroën e mais recentemente a Opel - vai começar a produzir um novo modelo comercial: o Opel Combo

A fábrica de Mangualde do Grupo PSA irá incluir, a partir do segundo semestre de 2019, a produção do novo Opel Combo, em duas variantes - comercial e de passageiros.

Em comunicado divulgado esta sexta-feira, a empresa sublinha que aquele novo modelo vai possibilitar uma maior estabilidade e flexibilidade dos volumes de produção, “permitindo que a fábrica se torne mais competitiva para responder a um mercado automóvel cada vez mais exigente”.

No entanto, a produção do Combo será partilhada com a fábrica de Vigo (em Espanha), que já produz a marca Opel desde julho de 2018.

Esta nova geração de veículos comerciais ligeiros do Grupo PSA está a ser produzida sobre aquela que foi designada como ‘plataforma EMP2’ e em exclusivo mundial nas duas fábricas ibéricas – Mangualde e Vigo.

Recorde-se que em 2018, a fábrica de Mangualde iniciou a produção dos novos Peugeot Partner/Rifter e Citroën Berlingo/ Berlingo Van.

Para receber a produção destes veículos, a unidade de Mangualde realizou um profundo processo de modernização e uma das mais importantes transformações industriais da sua história.

No ano passado Mangualde aumentou a sua produção em 17,8% face ao ano anterior. A fábrica, com 57 anos de história e mais de 1,4 milhões de veículos produzidos, está a produzir 321 veículos por dia, com a laboração em três turnos.