Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Fidelidade entra no Peru na próxima semana

Lima, a capital do Peru, passará em breve a ser uma importante base para as operações do grupo Fidelidade

getty images

Oferta pública de aquisição lançada sobre o grupo segurador La Positiva permitirá controlar 51% do capital

Pedro Lima

Pedro Lima

Editor-adjunto

Se tudo correr como previsto, a Fidelidade vai passar a controlar, já a partir da próxima semana, o grupo segurador peruano La Positiva. A oferta pública de aquisição (OPA) lançada para esse efeito está a chegar ao fim, e o grupo português, controlado a 85% pela chinesa Fosun (os restantes 15% estão nas mãos da CGD), tem a garantia de que obterá os 51% acordados.

A La Positiva tem uma forte posição no Peru (a 31 de dezembro de 2017 estava em quarto lugar no ramo não-vida, com 12% de quota, e em quinto no ramo vida, com 9%). Está também na Bolívia com a marca Alianza, país onde lidera o segmento não vida com 29% do mercado e ocupa o segundo lugar no vida, com 17%. O grupo peruano tem ainda presença no Paraguai e na Nicarágua.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. Pode usar a app do Expresso - iOS e Android - para descarregar as edições para leitura offline)