Diário

Cinco maiores bancos em Portugal lucram €4,1 milhões por dia

Os resultados da banca melhoraram, no seu computo geral, no primeiro trimestre. E, havendo motivos para sorrir, ainda não há espaço para gargalhadas. O crédito continua por ganhar forma

josé fernandes

Novo Banco é o único no vermelho nos primeiros três meses do ano. A atividade nacional, o calcanhar de Aquiles da banca portuguesa nos anos da crise, está a melhorar mas há ainda ativos tóxicos por resolver. Conheça os números do primeiro trimestre dos cinco maiores bancos a operar em Portugal

21 maio 2019 18:29

Diogo Cavaleiro

Diogo Cavaleiro

texto

Jornalista

Isabel Vicente

Isabel Vicente

texto

Jornalista

Carlos Esteves

Carlos Esteves

infografia

Infográfico

O negócio dos bancos em Portugal no primeiro trimestre de 2019 teve melhorias significativas. Nos primeiros três meses do ano, os cinco principais bancos do sistema tiveram um lucro de 373 milhões de euros, o equivalente a 4,1 milhões de euros por dia. Um valor que inclui prejuízos de 93 milhões de euros do Novo Banco, o único dos cinco com contas no vermelho. O crescimento era um dos calcanhares de Aquiles dos bancos, em particular dos que estão ainda a fazer limpezas nos balanços. Um caminho que acontece, embora a banca continue a registar uma diminuição da carteira de crédito.

A melhoria do negócio em Portugal é particularmente visível na Caixa Geral de Depósitos e no Banco Comercial Português, mas também aconteceu no Santander Totta. O banco público quase triplicou os ganhos em Portugal e o privado quase os duplicou. BPI e Novo Banco evoluíram em sentido contrário, ainda que o primeiro seja o grande destaque pela positiva no crescimento do crédito.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. Pode usar a app do Expresso - iOS e Android - para descarregar as edições para leitura offline)