Cinema

Alec Baldwin acusado de homicídio involuntário pela morte de diretora de fotografia

19 janeiro 2023 17:19

angela weiss / getty images

Caso seja condenado, o ator de 64 anos arrisca uma pena de 18 meses de prisão, além de uma multa de cinco mil dólares. Também a armeira do filme “Rust” será julgada pela morte de Halyna Hutchins durante as filmagens

19 janeiro 2023 17:19

O ator Alec Baldwin, que durante a rodagem do filme “Rust” acabou por disparar acidentalmente contra a diretora de fotografia Halyna Hutchins, vai ser julgado por homicídio involuntário, acusação também imputada à armeira do western, Hannah Gutierrez-Reed. A informação foi avançada esta quinta-feira pela promotora judicial do Novo México, Mary Carmack-Altwies.

"Depois de uma análise minuciosa das provas e das leis do estado do Novo México, determinei que há provas suficientes para apresentar acusações criminais contra Alec Baldwin e outros membros da equipa de filmagem de 'Rust'", referiu a promotora.

Caso sejam condenados, Alec Baldwin e a armeira arriscam uma pena de prisão de 18 meses, além de uma multa de cinco mil dólares.

Um relatório da investigação sobre a morte de Halyna Hutchins, baleada no peito enquanto Baldwin ensaiava uma cena no set de filmagens, refere que não há “nenhuma demonstração convincente de que a arma de fogo foi intencionalmente carregada com munições reais”, além de apontar que o disparo terá sido um “acidente”, pela “ausência de intenção óbvia de causar danos ou a morte”.

O ator norte-americano de 64 anos sempre afirmou, desde o fatal episódio ocorrido a 21 de outubro de 2021, que não sabia que a arma cenográfica estava carregada com munições reais.

A armeira do filme “Rust” também disse, na altura, que não fazia ideia de como munições reais entraram e foram encontradas no set de filmagens do western.

Os advogados de Gutierrez-Reed culparam os produtores pelo set de filmagens “inseguro”, onde o ator Alec Baldwin, enquanto ensaiava uma cena, disparou um revólver LL Pietta Long Colt 45 que não deveria estar carregado e alvejou acidentalmente Halyna Hutchins, diretora de fotografia de 42 anos que acabou por morrer.