Cultura

Realizador de "Emmanuelle" e fotógrafo francês Justin Jaeckin morre aos 82 anos

Nascido em 1940, em Vichy, Just Jaeckin era também proprietário de uma galeria de arte em Paris com a sua mulher

O cineasta e fotógrafo francês Just Jaeckin, que realizou o filme erótico de sucesso "Emmanuelle", morreu na terça-feira, aos 82 anos, disse uma porta-voz da família citada hoje pela France-Presse.

“Jaeckin, o realizador de ‘Emmanuelle’ com Sylvia Kristel, morreu em 6 de setembro na Bretanha, após uma longa doença, aos 82 anos. Morreu rodeado pela sua mulher Anne, uma escultora, e a sua filha Julia, uma fotógrafa", disse a sua agente, numa declaração.

"Emmanuelle", que foi um sucesso internacional, conta a história das aventuras sexuais de uma jovem mulher na Ásia.

O filme, o maior sucesso de 1974 em França, foi visto nas salas de cinema por várias dezenas de milhões de espectadores em todo o mundo.

Agora disponível para aluguer em plataformas de ‘streaming’, não recomendado para menores de 16 anos, "Emmanuelle" foi apresentado como uma obra "romântica".

O filme foi adaptado de um ‘bestseller’ erótico com o mesmo nome, escrito por Emmanuelle Arsan, em 1959. O produtor, Yves Rousset-Rouard, quis dar o projeto a um jovem realizador e recorreu ao fotógrafo Just Jaeckin.

Jaeckin realizou ainda "Histoire d'O" e, novamente com Sylvia Kristel, "Lady Chatterley's Lover".

Nascido em 1940, em Vichy, Just Jaeckin era também proprietário de uma galeria de arte em Paris com a sua mulher, onde exibiam pinturas e esculturas, incluindo as suas próprias obras.

Tem dúvidas, sugestões ou críticas? Envie-me um e-mail: clubeexpresso@expresso.impresa.pt

Comentários

Assine e junte-se ao novo fórum de comentários

Conheça a opinião de outros assinantes do Expresso e as respostas dos nossos jornalistas. Exclusivo para assinantes

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para se juntar ao debate
+ Vistas