Cultura

Lello inspirou novo filme de ação da Netflix. “Os livros podem ser armas”, aponta a livraria

27 julho 2021 14:15

A livraria Lello, no Porto, foi fundada em 1891 e é atualmente um ponto relevante de atração turística na cidade

d.r.

Os produtores do filme “Gunpowder Milkshake: Mistura Explosiva”, estreado nas salas de cinema portuguesas na passada quinta-feira, revelam que a biblioteca onde se passa a ação tem “claras referências” da centenária livraria portuense. “Os livros podem ser armas”, aponta a administração da Lello

27 julho 2021 14:15

O filme “Gunpowder Milkshake: Mistura Explosiva”, realizado pelo israelita Navot Papushado, é um thriller de ação que conta com um elenco de luxo, onde se incluem Karen Gillan e Lena Headey.

Em exibição nas salas de cinema nacionais desde a passada quinta-feira, esta nova criação da Netflix traz um atrativo extra para o público português, uma vez que os produtores revelaram que a biblioteca onde se desenrola a ação foi inspirada na centenária Livraria Lello.

Até mesmo a emblemática escadaria vermelha da livraria portuense foi recriada no filme, transformando-se num cenário para perseguições e tiroteios, onde os livros são usados para esconder armas e as bibliotecárias fazem parte de um grupo de assassinas.

“Só podemos estar felizes e lisonjeados por sabermos que a beleza da Lello inspirou o cenário do filme”, refere Aurora Pedro Pinto, administradora da livraria, que encontra no filme uma “metáfora poderosa”. “Os livros podem ser armas”, aponta.

“Entrar numa biblioteca ou numa livraria é sempre uma oportunidade única para encontrar armas poderosas, munidas de conhecimento, magia e esperança”, conclui Aurora Pedro Pinto, citada em comunicado da Lello.