Coronavírus

Covid-19: Segurança Social poderá vir a suportar em janeiro mais baixas do que em todo o ano de 2021

13 janeiro 2022 12:16

Número de portugueses em isolamento ultrapassa a barreira dos 500 mil. Em 2021, a Segurança Social pagou 266 mil baixas por doença covid e quase 453 mil por isolamento

13 janeiro 2022 12:16

O número de portugueses isolados por causa da covid-19 ultrapassou, pela primeira vez esta quarta-feira, a barreira dos 500 mil. Neste momento há, de acordo com o último boletim diário da Direção-Geral da Saúde, 276 894 infetados ainda em período de isolamento ou recuperação da doença (casos ativos) e 236 992 contactos em vigilância. Este recorde de contágios está a níveis inéditos de absentismo no país e, de acordo com o jornal o “Inevitável”, este mês a Segurança Social poderá vir a suportar mais baixas relacionadas com a covid-19 do que em todo o ano passado.

Durante o ano de 2021, a Segurança Social pagou 266.448 baixas por doença covid, mais 83% do que em 2020. Já quanto ao número de baixas por isolamento profilático, em 2021, requereram baixa 452 781 contactos de risco de pessoas infetadas, mais do dobro de 2020.

De acordo com as projeções do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge apresentadas na reunião do Infarmed, o nível de absentismo esperado no pico da epidemia no mês de janeiro poderia situar-se entre 4,5% e 12%.