Coronavírus

Diretores e professores defendem “testagem massiva” e regular de estudantes

10 janeiro 2022 11:16

Presidente da Associação Nacional de Diretores pede, também, uma tomada de posição sobre “o uso de máscaras no 1.º ciclo”

10 janeiro 2022 11:16

O presidente da Associação Nacional de Diretores (ANDAEP), Filinto Lima, e o líder da Federação Nacional de Professores (Fenprof), Mário Nogueira, defendem, em declarações ao “Jornal de Notícias” que a comunidade escolar deve ser testada várias vezes ao longo do ano letivo. Para já, até ao dia 21, os professores e funcionários de escolas públicas e privadas serão testados à covid-19.

“Só espero que esta testagem massiva seja regular, por exemplo, uma vez por mês, e que depois de professores e funcionários sejam os alunos testados”, defende Filinto Lima. Mário Nogueira é, também, a favor do alargamento do rastreio aos alunos e da sua regularidade.

Filinto Lima pede, ainda, que a diretora da Direção-Geral da Saúde, se “volte a pronunciar sobre o uso de máscaras no 1.º ciclo”. O presidente da ANDAEP recorda que muitos dos surtos do 1.º período aconteceram em escolas onde a máscara era apenas recomendada a alunos não vacinados.

FOTO: Tiago Miranda