Coronavírus

Covid-19. Os centros de saúde podem vacinar toda a população? Talvez, mas são precisos mais meios - e a ajuda de autarquias e bombeiros

2 dezembro 2020 14:49

Helena Bento

Helena Bento

Jornalista

mladen antonov/getty images

Contar só com os centros de saúde para administrar a primeira vacina disponível contra a covid-19 poderá não ser uma boa ideia. Não só “estas unidades não dispõem de equipamentos para conservá-las, porque nunca foi necessário conservar nada a uma temperatura tão baixa”, como “é impensável ter tantas pessoas em simultâneo nestes espaços”. A solução pode passar por deslocar enfermeiros para quartéis de bombeiros e criar brigadas móveis em localidades mais isoladas. Diogo Urjais, presidente da Associação Nacional das Unidades de Saúde Familiar, pede um plano “faseado e sem falhas”

2 dezembro 2020 14:49

Helena Bento

Helena Bento

Jornalista

O Reino Unido tornou-se esta segunda-feira o primeiro país do mundo a aprovar o uso de uma vacina contra a covid-19 e pode começar a vacinar a população “já a partir da próxima semana”, como adiantou o Governo britânico. A notícia é boa, há até quem a considere surpreendente, mas tratando-se da vacina produzida pelo laboratório norte-americano Pfizer e pela empresa alemã de biotecnologia BioNTech há questões que se colocam.