Coronavírus

Um grande passo para uma empresa e um primeiro passo para o resto da Humanidade? Funcionários do Twitter podem trabalhar em casa para sempre

12 maio 2020 23:08

dado ruvic/reuters

Num email enviado aos trabalhadores da empresa, o CEO da rede social informou que os trabalhadores que o desejarem (e que a função permitir) podem trabalhar a partir de casa mesmo depois de levantadas as restrições por causa da pandemia

12 maio 2020 23:08

O teletrabalho chegou ao Twitter para ficar. De acordo com o que foi anunciado pela rede social esta terça-feira, alguns dos funcionários da empresa vão continuar a trabalhar em casa mesmo após o levantamento das atuais medidas de restrição. Vão fazê-lo para sempre, frisou a gigante norte-americana de tecnologia, que é a primeira a tomar medidas drásticas neste domínio.

A decisão foi comunicada aos trabalhadores pelo CEO do Twitter, Jack Dorsey, num e-mail enviado esta terça-feira, escreve o site BuzzFeed News. Apenas algumas funções que exigem presença física - como a manutenção de servidores – não permitem essa opção, foi explicado.

A empresa incentivou os seus trabalhadores a ficar em teletrabalho logo no início de março quando o vírus se começou a propagar nos EUA, uma medida seguida por outras empresas de tecnologia, como a Microsoft, Google e a Amazon.

Agora, “se os funcionários tiverem um cargo e uma situação que lhes permita trabalhar em casa e quiserem fazê-lo indefinidamente, vamos permitir que isso seja possível”, disse um porta-voz do Twitter à AFP. Se assim não for, “os nossos escritórios vão recebê-los calorosamente de volta, com precauções adicionais quando considerarmos que já não é arriscado regressar”, acrescentou.

Com “raras exceções”, as instalações da empresa vão permanecer fechadas até setembro e nenhuma viagem de negócios deverá ocorrer antes dessa altura, tendo sido cancelados os eventos corporativos presenciais programados para 2020.