O prato forte da jornada

Braga vs Sporting: Bacalhau à Minhota ou Iscas com elas?

4 agosto 2022 15:10

À mesa, defrontam-se o Bacalhau à Minhota do restaurante Arcoense e as Iscas com elas do restaurante Capas Negras. O Prato Forte da Jornada é uma iniciativa Boa Cama Boa Mesa, com o apoio da Betclic.

4 agosto 2022 15:10

É já este domingo, 7 de agosto, pelas 18h00 que soa o apito inicial do jogo grande da jornada, com a equipa da casa, o Sporting de Braga a receber o segundo classificado da edição anterior, o Sporting Clube de Portugal. À mesa, frente a frente vão estar o “Bacalhau à Minhota” do restaurante Arcoense, liderado por Filipa Barroso, adepta do Braga, e as "Iscas com elas” apresentadas por Luciano Viana, do restaurante Capas Negras, um “templo” dos adeptos verdes e brancos, que até apelidaram a casa de "O Sportinguista".

Sporting Clube de Braga – Bacalhau à Minhota

Bacalhau à minhota

Bacalhau à minhota

O segredo para o sucesso deste prato reside na qualidade e tratamento do bacalhau. A posta deve ser grossa, bem demolhada durante quatro dias e depois seco antes de passar pela farinha para entrar na frigideira onde o azeite quente a aguarda. Bastam 15 a 18 minutos para atingir o pico de forma, tempo necessário para, à parte, fritar as batatas, finamente cortadas, e para preparar o molho que o acompanha, feito de cebola às rodelas, dois dentes de alho picados, duas folhas de louro, salsa e pimentão-doce. Antes disso, a cebola coze, durante um minuto, num cálice de vinho do Porto.

Filipa Barroso, do restaurante Arcoense recomenda o Bacalhau à minhota

Filipa Barroso, do restaurante Arcoense recomenda o Bacalhau à minhota

Antes de servir, coloca-se a posta de bacalhau no centro do prato, ladeado pelas batatas, cobre-se com a cebola, entretanto caramelizada, e leva-se à mesa, com um raminho de salsa e azeitonas para colorir. Recomenda-se que acompanhe com um copo de verde tinto, também característico da região. O “Bacalhau à Minhota” (€22) “é uma das mais famosas receitas do norte de Portugal”, conta Filipa Barroso, gerente do restaurante Arcoense (Rua Engenheiro José Justino de Amorim, 96, Braga. Tel. 253278952) e também é conhecido como Bacalhau à Braga ou à Narcisa, em homenagem a uma pequena tasca da cidade, entretanto encerrada e chamada Tasca da Narcisa, onde a receita terá sido criada.

Sporting Clube de Portugal – Iscas com elas

Iscas com elas

Iscas com elas

Perde-se no tempo a criação desta especialidade lisboeta, famosa no início do século XX, epoca em que chegou a ser vendida na rua, dentro de um pão e, por tal, associada às classes mais pobres. Também conhecidos como “bifes de cabeça chata”, por serem cortados em finas fatias, depressa conquistaram as cozinhas dos restaurantes da cidade, e não só, e tornaram-se numa especialidade a que poucos conseguem resistir. Nas “Iscas com elas", o “elas” são as batatas, ainda que as iscas possam ser servidas “sem elas", ou seja, apenas como petisco.

Luciano Vieira vai a jogo, no Capas Negras, com umas Iscas com elas

Luciano Vieira vai a jogo, no Capas Negras, com umas Iscas com elas

No restaurante Capas Negras, a poucos metros do Estádio Alvalade XXI, fazem todos os dias parte da ementa. Elviro Amaro Caetano, algarvio de nascença e sócio número 3315 do Sporting, é quem as prepara, juntando às finas fatias de fígado de bovino uma marinada de vinho branco, vinagre, alho, louro, sal e pimenta, deixando-se absorver o sabor de um dia para o outro. Antes de irem à mesa, as “Iscas com elas” (€7,50) do restaurante Capas Negras passam por uma frigideira onde caramelizaram rodelas de cebola, e são depois servidas por Luciano Vieira que, oriundo de Vila Nova de Cerveira, se afirma sportinguista, desde que nasceu e ostenta orgulhoso o cartão de sócio com o número 4252. Nos dias de jogo, vive-se no Capas Negras (Rua Dr. João Soares, 2B, Lisboa. Tel. 217932197) com pouco mais de 30 lugares, um ambiente quase igual ao do estádio a ponto do restaurante ser conhecido como "O Sportinguista". As "Iscas com elas", servidas com batatas cozidas ou, caso o cliente assim o prefira, com batatas fritas, são o prato mais pedido, antes e depois dos jogos. Apesar de não estar presente nas redes sociais, o Capas Negras oferece Internet gratuita. A password, naturalmente, começa com SCP.

O Prato Forte da Jornada é uma iniciativa Boa Cama Boa Mesa, com o apoio da Betclic, que ao longo de toda a temporada vai dar colocar em confronto as receitas tradicionais da região dos clubes que disputam a Primeira Liga de Futebol. Para a semana, saiba que pratos fortes representam o campeão nacional, o Futebol Clube do Porto, e o Vizela.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!