Boa Cama Boa Mesa

Pedrógão Grande lança festival gastronómico para promover bucho recheado

11 novembro 2022 10:46

A Câmara de Pedrógão Grande, no distrito de Leiria, promove, nos dias 3 e 4 de dezembro, um festival gastronómico em nove restaurantes aderentes, para dar visibilidade ao bucho recheado.

11 novembro 2022 10:46

A Câmara de Pedrógão Grande, no distrito de Leiria, promove, nos dias 3 e 4 de dezembro, o Festival Gastronómico do Bucho Recheado de Pedrógão Grande, em nove restaurantes aderentes, para dar visibilidade ao bucho recheado, disse à agência Lusa o vereador Luís Correia.

"A Câmara decidiu lançar o festival, porque sentimos haver necessidade de colocar este produto tão característico e endógeno do nosso concelho na ementa dos portugueses e dos turistas que nos visitam", afirmou Luís Correia, vereador com o pelouro do turismo.

Referindo que "há já vários operadores que confecionam diariamente" o bucho recheado, o autarca salientou a necessidade de dar "especial atenção" a esta iguaria, para alcançar "maior visibilidade".

De acordo com a nota de imprensa, o certame "tem como objetivo preservar e estimular a gastronomia local", destacando as "unidades de restauração locais e a forma como honram os sabores do concelho e os respetivos produtos endógenos".

Além da preservação e divulgação do bucho recheado de Pedrógão Grande, o festival gastronómico quer "alavancar o turismo no território, atraindo novos turistas, e, por essa via, atenuar as épocas baixas em que a quantidade de visitantes é inferior".

Bucho Recheado

Bucho Recheado

Luís Correia adiantou que o Município espera uma "grande adesão", quer ao nível da população local, como dos turistas, "para provar ou reprovar o bucho recheado", e que "os restaurantes possam tirar retorno deste festival lançado pela Câmara".

Numa nota de imprensa, o Município referiu que o bucho recheado de Pedrógão Grande "consiste no aproveitamento do estômago do porco (bucho), previamente preparado e posteriormente recheado com uma mistura de carnes de produção caseira que, após cozinhadas, são desfiadas à mão".

"A estas carnes junta-se o pão em pequenos pedaços, os ovos e a salsa. As aberturas do bucho são cosidas com agulha e linha e assim o bucho recheado fica pronto a ir ao forno assar", adiantou a autarquia, esclarecendo que "é considerado historicamente um prato típico do Carnaval", mas atualmente é "comum fazer parte das mesas locais nas épocas festivas do ano inteiro".

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!