Boa Cama Boa Mesa

Agosto em Lisboa: sugestões para aproveitar a cidade ao ar livre

17 agosto 2022 9:50

Lisboa na Rua

josé frade /egeac

Brunch na piscina, aperitivos à italiana, festival de ostras, cinema e música são algumas das múltiplas formas de aproveitar o mês de agosto e as temperaturas convidativas para usufruir da cidade ao ar livre. Lisboa está na rua...

17 agosto 2022 9:50

Para usufruir da boa vida na capital, existem vários lugares que, tirando partido do verão, proporcionam momentos de convívio, degustação e relaxamento. De copo na mão, acompanhado de um petisco, música e performances artísticas, em monumentos, jardins, espaços exteriores de restaurantes e hotéis, aproveite Lisboa e siga as sugestões do Boa Cama Boa Mesa.

Lisbon Marriott Hotel

Lisbon Marriott Hotel

Brunch na piscina e entre jardins tropicais
Uma piscina rodeada de jardins, camas e espreguiçadeiras e o bar Paradiso compõem o cenário de um refúgio na cidade para quem deseja desligar sem sair da capital. Opte pelo Pool Brunch (€45) e tenha acesso gratuito à piscina do Lisbon Marriott Hotel (Av. dos Combatentes, 45, Lisboa. Tel. 217235400). Chegue pelas 12h00. Mimosa, espumante ou rosé, uma destas bebidas dá-lhe boas-vindas. O lugar é movimentado, mas é uma animação veranil saudável e que não impede o descanso. A fonte de chocolate chama logo a atenção de miúdos e graúdos, com frutas para mergulhar no líquido guloso. Granola, chia, frutos secos misturam-se em iogurtes e mousses frescas e saborosas. Sumos détox e smoothies trazem nova energia. Experimente, entre outros, o "Poke bowl vegano", a "Sopa de melancia com hortelã", ou a "Salada de quinoa, abacate, queijo azul, tomate cherry e coentros". Como pratos principais há "Bifinhos de novilho com cogumelos", "Robalo em crosta de pão de forma integral" e "Legumes gratinados com parmesão e balsâmico". Finalize com as mousses, de limão com crumble de amêndoa, ou de chocolate com baunilha, o cheesecake com doces tropicais, ou com o irresistível bolo de Snickers. Siga até à estação de panquecas e pipocas. O brunch termina pelas 15h30. O Mariott sugere Pool Access para passar um dia relaxante na piscina (€28 durante a semana/€32 ao fim-de-semana) e o Pool & Room, dia na piscina e quarto de hotel para duas pessoas, das 9h00 às 18h00 (€99). No bar Paradiso há happy hour todas as quintas e sextas-feiras, das 16h30 às 18h30, até 16 de setembro.

Libertá

Libertá

inês costa monteiro

Aperitivo italiano para relaxar ao durante a tarde
Um aperitivo em plena “Libertá”, na esplanada, precisamente a dois passos da Avenida da Liberdade, é a proposta para descontrair sob o mote “Unconventional Italian Kitchen”, do chef italiano Silvio Armanni que, mais uma vez, se deixa levar pela criatividade e sugere um aperitivo à italiana num ambiente cool. Na compra de cada bebida no Libertà Kitchen (Rua Rodrigues Sampaio, 39, Lisboa. Tel. 969000653) recebe grátis um cesto com snacks italianos. Comece com o cocktail de autor, “Libertá Mule” (€10), do bartender Gustavo Ghisi com um intenso sabor a gengibre. Se é fã de Negroni, experimente “The Dark Side of Negroni” (€10), mistura de vodka, Campari, vermute branco e licor de bergamota. Mas o chef Armanni também criou um menu especial para este momento. "Focaccia di Recco", uma focaccia fina feita no forno com queijo Stracchino que, explica a chef pasteleira, Silvia Traina, “é uma tradição da localidade italiana da região da Ligúria, Recco, onde fazem a focaccia muito fina”. Quem está habituado à focaccia usualmente encontrada nos restaurantes italianos de Lisboa, vai notar a diferença e a subtileza do sabor do queijo Stracchino, fresco brilhante e de pasta mole. Pode ainda escolher entre "Panelle Siciliane, grão-de-bico frito com limão e salsa" (€5,50), assim como "Bruschetta com caponata di melanzane, pão alentejano com beringela agridoce e manjericão" (€6), "Fritto misto di gamberi, calamari e verdure", uma tempura de camarão e lulas, legumes da estação e maionese caseira com paprica (€14,50), ou ainda a "Tavolozza All’italiana", uma tábua de queijos e charcutaria italiana para dois (€19). Apesar de tradicionalmente as sobremesas não fazerem parte do aperitivo à italiana, tendo em conta que Silvia é a chef pasteleira e considera que “todos os momentos são bons para um doce”, propõe o clássico "Affogato al caffe" (€6). Deixe-se ainda tentar por uma das novas criações da chef, Pistacchio e Lamponi, um parfait de pistachio, sorvete de baunilha, framboesas e biscoito crocante (€10).

Memoria, em Campo de Ourique

Memoria, em Campo de Ourique

Mais verdejante, este é um pátio de muitos momentos
Um final de tarde de verão com muito calor, cocktails e petiscos italianos em cima da mesa num idílico pátio ao ar livre no centro de Lisboa é a proposta do restaurante Memoria (Rua 4 de Infantaria, 26ª, Lisboa. Tel.210998366)
, em Campo de Ourique. De segunda a sexta-feira das 17h00 às 20h00, parece ganhar adeptos aquele que é um clássico hábito italiano, o aperitivo. O convívio que acontece depois do trabalho e consiste em pagar as bebidas enquanto o restaurante oferece as comidas. A ideia era permitir seguir para casa mais cedo e mais feliz, mas podemos continuar noite dentro. O "Apéritif Memoria" é a desculpa perfeita para relaxar ao final do dia neste charmoso pátio, agora mais verdejante. Com uma seleção de bebidas a preços reduzidos, incluindo nove Spritz (€6), do clássico Aperol ao Limoncello, Bergamota, Campari ou ainda o Sbagliato, uma versão do Negroni onde se substitui o gin por prosecco, mas também os vinhos 3000 Rosas (rosé), o Marquês de Borba Colheita (branco) e o Barca do Inferno (tinto), a copo (€3,50) ou à garrafa (€14). Mas as novidades no Memoria não ficam pelo aperitivo que pode ser um prelúdio para conhecer os novos pratos do menu, ao jantar. Entre as novidades estão o "Carpaccio de vitela com molho tonnato" (€14,50), "Ceviche de peixe do dia" (€12,50) e "Cenouras assadas com gremolata de mostarda e queijo fresco de cabra" (€8,50). Na rubrica La Nostra Pasta Fresca registam-se as entradas do "Tagliolini de espargos verdes com foie gras" (€25), da "Tagliata de entrecôte com trufa e Parmigiano Reggiano DOP" (€23,50) e da "Caldeirada de lombo de bacalhau com fregola sarda" (€18,50). Nos doces a novidade é a "Tarte toscana com ananás e gelado de baunilha" (€6), uma boa surpresa.

31 d'Armada

31 d'Armada

maria mattos

Festival de ostras e espumante
Da Ria Formosa chegam à mesa as fresquíssimas ostras que compõem o trio de bivalves do Festival de Ostras criado por Ewa Kubik, empresária com duas décadas de experiência na restauração, que propõe esta degustação durante o verão na esplanada do emblemático 31 d’Armada (
Largo da Armada 31, Lisboa. Tel. 936000244). In natura, com vinagrete de manga e com molho de laranja e sementes de romã (€9,90) são as três declinações que o chef Tiago Zucarelli prepara para combinar com o Espumante Vértice Bruto, produzido pela Caves Transmontanas em Alijó, que pode ser bebido a copo (€9) ou à garrafa (€35). Todos os sábados e domingos, a partir das 18h00 este é um momento que serve de prelúdio para o jantar, ou para relaxar enquanto desfruta do concerto “vizinho”, do projeto independente “Música na Praça”, que acontece na Praça da Armada, com Wilany a apresentar versões acústicas de músicas pop entre as 19h00 e 21h00. Com uma exuberante buganvília, a aprazível esplanada do restaurante e bar 31 d’Armada é um convite para aproveitar os dias mais longos do verão. No 31 d’Armada há muito por onde seguir pelos sabores marítimos, desde as "Vieiras au beurre blanc" (€16) ao "Ceviche caviar limão" (€10), continuando na "Lagosta à guilho com arroz negro" (€45). Tiago Zucarelli faz jus à alma desta casa histórica.

Sheraton Lisboa Hotel & Spa

Sheraton Lisboa Hotel & Spa

rxf_cm

Cinema ao ar livre num sofá flutuante
O Sheraton Lisboa Hotel & Spa propõe noites de cinema à beira de água ou num sofá flutuante na piscina exterior. Todas as quintas-feiras, pelas 21h00, até dia 8 de setembro, existem duas experiências distintas à espera dos amantes da 7ª arte: Poolside Cinema, para sentar à beira da piscina enquanto beberica e come pipocas (€17), ou VIP Poolside Cinema, para flutuar a dois num sofá dentro da piscina, sem necessidade de trocar de roupa, com acesso a um VIP Lounge exclusivo para petiscar antes do filme e também as pipocas e bebida (€29). Na agenda estão já “Moulin Rouge” e “10 Things I hate about you”, enquanto aguarda por definição a agenda de setembro. Para algo completamente diferente, escolha uma esplanada onde assistir a um ciclo de cinema noturno de “De Se Tirar o Chapéu”. Vá até à intemporal Cinemateca Portuguesa, aproveitando as noites de verão e, até ao final de agosto, usufrua de sessões ao ar livre, de segunda-feira a sábado, sempre a partir das 21h45. Prepare-se para ver os melhores filmes, no melhor dos cenários, obras-primas do cinema americano, inglês, francês e português. “The Lady in the Lake” e “Charlie and the Chocolate Factory” são algumas das películas que é possível ver, ainda em agosto. Já o Lisbon Marriott Hotel tem estreias marcadas para os dias 18 e 19 de agosto, pelas 21h00, no jardim do hotel, com direito a pipocas e estacionamento (€16). Os filmes da programação são: “Everything Everywhere All at Once” (2022) e “Grease” (1978).

JNcQUOI Asia

JNcQUOI Asia

Sunsets asiáticos
O restaurante JNcQuoi Asia lança os sunsets mistério. Aproveite a exótica e irresistível esplanda. Cada evento conta com um DJ para animar a tarde e uma seleção de música especial além de se dedicado a uma temática diferente. Mas para a descobrir, só passando pelo JNcQuoi Asia (Avenida da Liberdade, 144, Lisboa. Tel. 219369900)
todos os domingos, entre as 16h00 e as 19h00. Prometem-se surpresas. Durante este período, está disponível a ementa habitual do restaurante, com diversas sugestões para petiscar, bem como a carta de cocktails de autor refrescantes e vinhos exclusivos para desfrutar durante os meses de verão. Entre os coktails estão o "Mount Fuji", elaborado rum Havana 7, cachaça Abelha, lima kafir, coco, ananás, wasabi e pitaia (€15), e o "Ganda’s Highball", que mistura os whiskeys Jameson Black Barrell e Tonkinoka White Oak, Genmaicha & Orange Cordial, água mineral gaseificada e hibisco (€15). Para comer sugerem-se o "Negitoro, tártaro de atum com cebolete, gema, miso e wasabi sobre arroz" (€30), o "Wagyu Sando" (€95), brioche, wagyu panado, pimenta preta e mostarda japonesa ou as "Gyozas de bacalhau negro e camarão" (€22). Continua o brunch Yum Cha, aos sábados e domingos, entre as 12h00 e as 17h00, que também pode ser apreciado na esplanada. O “Yum Cha” é a tradição cantonesa onde a refeição é acompanhada pelos melhores dim sums. Para celebrar o fim-de-semana ou as férias, fazendo uma viagem pelos sabores asiáticos.

IDB Lisbon

IDB Lisbon

Percorra a maior salsicha do Kampus neste rooftop
Mais de 3000m2 de rooftop estão à espera entre Olivais, Parque das Nações, Encarnação e Moscavide, no novo IDB Lisbon - Innovation & Design Building Lisbon, instalado no antigo edifício Entreposto e integrado num centro de inovação e design emergente, criado pela Jamestown. No IDB Rooftop existem pistas de skate e de atletismo, espaços dedicados a exposições e uma oferta street food internacional. O chef do espaço de restauração é o Brasileiro Dedé, que tem nas "Panquecas japonesas okonomiyaki" (€7,50), panquecas vegetarianas feitas de couve-roxa, um sucesso desde o dia da inauguração. Aos domingos há brunch (€14). Todo o rooftop está contornado pela maior salsicha amarela desenhada pelo artista Kampus, uma marca que se pode encontrar em vários locais da cidade. Serve de pista de atletismo, ciclismo ou patinagem. Leve o skate e aproveite para saltar nas rampas coloridas do coletivo artístico de identidade múltipla, Crack Kids, concretamente executadas pelos artistas João is Typing, Kampus e Malibu Ninjas. Há ainda túneis de fitas coloridas que se mexem ao sabor do vento para atravessar, uma instalação e um mural duo de artistas Los Pepes. Este trabalho integra várias ilustrações que contam a história de Lisboa, enquanto cidade das setes colinas, e as sensações que o IDB Rooftop poderá proporcionar, através de várias cores e padrões, criadas sobre uma das paredes do terraço, instalações, baloiços, e, neste momento, decorre ao ar livre pronta para ser admirada quando a noite cai. Aproveite a paisagem urbana e tenha uma perspetiva diferente sobre os grafitis de Moscavide. O IDB Rooftop está disponível até novembro.

Lisboa na Rua - A Passarola

Lisboa na Rua - A Passarola

carlos teles

De Belém ao Castelo de São Jorge, viva Lisboa na rua
O Festival Solo Fest abre a programação de mais um Lisboa na Rua com duas noites de atuações intimistas, no Castelo de São Jorge, entre teatro, dança e música, no dia 19 de agosto, com o ator Miguel Sermão a interpretar “Por Ele”, comédia sobre a vida conjugal, e a compositora Mafalda Veiga a revisitar alguns dos seus temas mais conhecidos, algumas versões de bandas como os Beatles ou David Bowie e outras inéditas; no dia 20 é a vez do espetáculo de dança “Kodé Di Dona”, com Mano Preto, numa homenagem ao poeta, compositor e historiador cabo-verdiano, e do concerto da violoncelista e cantora cubana Ana Carla Maza. Estes são os aperitivos para depois, nos últimos dias de agosto, chegarem os festivais Lisboa Mágica, com 15 artistas e 158 espetáculos, repartidos por 10 locais da cidade, e Lisboa Soa – que, sob o mote da Reinvenção, se divide entre as Carpintarias de São Lázaro e o Museu de Lisboa - Teatro Romano, com instalações, performances e workshops. Em setembro, destaque para o regresso da música clássica ao Vale do Silêncio. Uma Noite no Vale, com a Orquestra Gulbenkian, no dia 10, sob a direção do maestro Diogo Costa, e com a participação de solistas convidados. Um grande espetáculo pensado para o parque verde dos Olivais, com música sinfónica com árias favoritas de ópera, opereta e teatro musical, de compositores como Manuel de Falla, Jules Massenet, George Gershwin ou Leonard Bernstein, autor do famoso musical West Side Story. A Orquestra Filarmônica de Minas Gerais celebra o bicentenário da independência do Brasil num concerto que nos jardins da Torre de Belém (dia 7) e a Lisbon Poetry Orchestra (dia 17), no Castelo de São Jorge, apresenta Os Surrealistas. No Largo José Saramago (Campo das Cebolas) tem lugar, no dia 3, a partir das 21h30, A Passarola, uma adaptação teatral livre. No Jardim do Palácio das Galveias, dia 18, pelas 17h00, é a vez da estreia do espetáculo Mais de Cem Mil Dias. Nas tardes de domingo, sob o lema Dançar a Cidade, o convite é para ter aulas ao ar livre, de Flamenco e Sevilhanas (na Quinta das Conchas), Danças Tribais Africanas (no jardim do Palácio das Galveias), Samba e Forró (no Parque Urbano Moinhos de Santana) e Salsa e Merengue (Largo José Saramago - Campo das Cebolas), a partir das 17h00. A videoarte marca a agenda com o festival FUSO, durante cinco dias em diversos locais da cidade e o cinema com o projeto Cinema no Estendal com dois dias de sessões ao ar livre.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!