Passeio Verde

Entre rios, templários e cenários bucólicos no novo Trilho Panorâmico do Tejo

23 março 2022 11:14

Com o curso do Tejo e do Zêzere como companhia, este novo percurso pedestre alia o passeio na natureza com cultura e história

23 março 2022 11:14

Durante pouco mais de 10 km, idealizados para serem percorridos em ritmo descontraído, há cenários deslumbrantes para apreciar e factos para conhecer ou recordar. Integrado na Grande Rota Transeuropeia (GR12 - E7), o novo Trilho Panorâmico do Tejo pode ser percorrido desde fevereiro. Com 10,50 km de percurso linear e dificuldade fácil, passadiços cicláveis, miradouros e zonas de lazer, este percurso tem sempre como acompanhantes os rios Zêzere e Tejo.

O ponto de partida é o Centro Náutico e Fluviário de Constância e o percurso termina em Vila Nova da Barquinha, no Centro de Interpretação Templário de Almourol. Pelo caminho paisagens magníficas em cenários bucólicos, e tanto para descobrir.

Vila Nova da Barquinha

Vila Nova da Barquinha

Logo no início da caminhada perca-se a admirar a beleza oferecida pelo desaguar do Zêzere no Tejo, com a bonita vila de Constância como cenário. A vista a partir do primeiro ponto de paragem, o miradouro, encoraja a prosseguir. A interceção entre rios é particularmente rica em peixes, crustáceos e moluscos. As enguias, bogas e fataças são espécies autóctones, mas por aqui passam também os tão apreciados na gastronomia, sáveis e lampreias. Com sorte e paciência poderá conseguir avistar as esquivas lontras que aqui habitam.

Poucos quilómetros mais à frente são as cegonhas-brancas, garça-branca-pequena, garça-real e guarda-rios que presenteiam com a sua beleza, tornando a paisagem da Praia do Ribatejo ainda mais bonita. Destaque para a ponte aqui existente, obra da Maison Eiffel, a primeira no país, e de uma dimensão colossal para a época, quase 500 metros.

Este Passeio Verde foi realizado em parceria com Volvo – Carro Oficial Boa Cama Boa Mesa

Este Passeio Verde foi realizado em parceria com Volvo – Carro Oficial Boa Cama Boa Mesa

O Cais Pai-Avô convida a paragem para descansar e observar a beleza envolvente. Deste ponto é já possível observar um dos mais belos monumentos nacionais e garantidamente tendo o mais belo enquadramento paisagístico, o Castelo de Almourol.

A partir daqui e até chegar a Vila Nova da Barquinha, descubra o pitoresco Cais d´El Rei, em Tancos, onde pode apanhar o barco (€4) para o Castelo de Almourol. De acordo com algumas versões da História, Tancos foi fundada por cavaleiros franceses que foram ajudar D. Afonso Henriques na luta contra os muçulmanos, à conquista de Lisboa em 1147. Faça uma paragem no parque de merendas e, à chegada a Vila Nova da Barquinha percorra o extenso relvado do Parque de Escultura Contemporânea e observe as obras aí expostas.

Rio Zêzere

Rio Zêzere

A importância histórica da região remonta às primeiras invasões francesas. Em 1808 o general Junot tomou posição em Constância (então Punhete) com o objetivo de passar para a margem direita da praia do Ribatejo (antiga Paio de Pele) e chegar rapidamente a Lisboa com as suas tropas. Porém, a profundidade e a força das correntes do rio Zêzere não permitiu que tal fosse feito de forma célere, o que permitiu a fuga da família real para o Brasil.

Constância é conhecida por ter sido morada do grande poeta Luís de Camões, que aqui terá cumprido uma pena de prisão. Aproveite o passeio e visite a Casa-Memória de Camões, erguida sobre aquela que terá sido a morada do poeta.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!