Siga-nos

Perfil

Expresso

A vida de saltos altos

Larguem as trelas por favor!

Sofia Rijo (sapato nº39)

Eu sei, hoje é sexta feira santa, estamos em época de penitência, e ao mesmo tempo em fase de renovação...pelo menos foi o que aprendi na catequese.

Mas para dizer a verdade, tudo o que me cheira a dor, sofrimento e penitência fujo assim...como...o diabo da cruz, e atenção que até sou uma pessoa de fé, sobretudo na fé que tenho nas minhas capacidades, na minha família, nos meus objetivos. Eh pá mas quando oiço aquela máxima, ai e tal as mulheres são todas iguais ou então já se está mesmo a ver o que vai acontecer fico muito pouco católica...

Trelas e lugares comuns

Não gosto de dados adquiridos, de lugares comuns, de fazer o politicamente correto, mas também fico confusa quando me abanam uma cenoura à frente (e até gosto bastante de roer cenouras cruas, têm beta-caroteno e fazem os olhos bonitos, além de me ajudarem a obter um bronzeado fabuloso) e depois desaparecem, e levam a cenoura, qual Houdini sem ser no truque do tanque, porque esse coitado, não viveu para contar, e ficou por ali (sinto-me hoje um pouco sarcástica).



Como qualquer mulher (vêem os lugares comuns de que falo, mas por acaso este é verdade) gosto de um elogio, que me façam viajar (um bocadinho) na maionese, mas detesto que me tomem por parva e me troquem as voltas. Prefiro uma conversa à bruta com cinco pares de estalos e gritos à mistura, que mentiras piedosas e facadas nas costas à revelia.



Homens e Mulheres deste país (porque não sei se me lêem em mais algum) larguem por favor as trelas que penduram os casos mal resolvidos, e deixem-nos viver à vontade, senão vamos andar continuamente ao pendurão e à espera que um dos dois se decida para dar o primeiro passo. Chega de viver no passado, atirem-se à doida, sem medos, a vida só tem piada quando vivida com alguma percentagem de de risco, e depois o passado ficou lá atrás, e se não funcionou é porque era pouco... não acham?









Autoras: Ana Areal, Liliana Coelho, Paula Cosme Pinto, Sofia Rijo, Solange Cosme

Editora: Plátano (coleção Livros de Seda)

Preço: 11,80€ em loja, 10,62€ se for adquirido via site da Editora Plátano

Páginas: 158

ISBN: 9789727708598





Saiba mais sobre o livro:

Um livro lançado... em Saltos Altos (vídeo e fotogaleria)



Blogue mais feminino do Expresso chega às livrarias (vídeo)





A Vida de Saltos Altos também está presente no Facebook. Na página desta popular rede social qualquer um pode ser fã deste blogue. Clique para visitar.