Blitz

Nuno Markl e as reações ao “arco-íris” Pink Floyd: “a aprender a apreciar a estupidez como quem se senta num museu a apreciar um quadro”

21 janeiro 2023 12:13

Os Pink Floyd divulgaram um novo logótipo, em comemoração do 50º aniversário do seminal “The Dark Side of the Moon” e as redes sociais criaram um caso ‘colorido’. O humorista português cita exemplos de uma “estupidez que já me irritou mais”

21 janeiro 2023 12:13

Nuno Markl insurgiu-se contra “a estupidez” de quem criticou o novo logótipo dos Pink Floyd, criado em comemoração do 50º aniversário de “The Dark Side of the Moon”.

O logótipo mostra o número 50 atravessado pelas cores do arco-íris, numa referência à (famosa) capa do álbum. Porém, houve quem visse nesse logótipo uma determinada demonstração do apoio dos Pink Floyd a causas LGBTQ+.

Nos comentários à publicação dos Pink Floyd, no Facebook, podem ler-se coisas como “deitem fora o arco-íris, parecem parvos” ou “era fã, mas agora nunca mais ouvirei a vossa música”, da parte de fãs “anti-woke”. Outros questionam “qual a ligação entre a obra-prima dos Pink Floyd e a comunidade LGBTQ+”.

“Tenho de confessar que a estupidez já me irritou mais. Agora estou a aprender a apreciar a estupidez como quem se senta num museu a apreciar um quadro", escreveu o humorista português. "Por estes dias é tão intrincada, que é quase uma forma de arte”

Traduzindo algumas das publicações feitas pela turba “anti-woke”, Markl acrescentou ainda uma fotografia de um arco-íris, tirada pelo filho: “uma chocante manifestação ‘woke’ que o meu filho captou no telemóvel dele no céu da Parede, ontem. Estão em todo o lado, realmente”, brincou.

Instagram