Blitz

Steven Tyler, dos Aerosmith, processado por abusos sexuais de uma menor

30 dezembro 2022 12:07

Steven Tyler, dos Aerosmith

getty images

O vocalista dos Aerosmith está a ser acusado de abuso sexual por uma mulher que chegou a ser sua namorada

30 dezembro 2022 12:07

Steven Tyler, vocalista dos Aerosmith, hoje com 74 anos, enfrenta um novo processo em tribunal movido por Julia Holcomb, uma ex-namorada que alega ter sido abusada sexualmente por ele quando era menor. Os acontecimentos terão ocorrido em meados dos anos 1970, quando o cantor tinha 27 anos e Holcomb 16.

A relação entre os dois terá começado pouco depois do 16º aniversário de Holcomb e o casal passou a viver junto, em Boston, com a autorização dos pais dela, que fizeram do músico seu tutor legal. Segundo declarações de Holcomb, a relação começou a correr mal quando ela ficou grávida e Tyler alegadamente a obrigou a fazer um aborto.

No processo agora instaurado, cujos papéis foram consultados pelo site Page Six, Holcomb diz ter conhecido Tyler num concerto dos Aerosmith em Portland, assegurando que ele tinha consciência da sua idade quando a convidou para o quarto de hotel onde terá “mantido vários atos de crimes de conduta sexual” com ela.

A mulher diz, também, que o músico abusou dela repetidamente, dando-lhe álcool e drogas, e que assim que ela ficou grávida ameaçou deixar de a apoiar monetariamente caso ela não interrompesse a gravidez. Holcomb acusa ainda Tyler de a submeter a “infâmia involuntária” ao descrever a relação dos dois como “romântica e amorosa” na sua autobiografia.

“Com o meu mau eu de 26 anos e ela quase sem idade legal para guiar e sexy como tudo, apaixonei-me loucamente”, escreve Tyler no livro, “ela era uma maria-rapaz magricelas muito bonita vestida como Little Bo Peep. Desejava-a com todo o coração, era a minha parceira nos crimes da paixão”.

Até ao momento, o líder dos Aerosmith ainda não respondeu às acusações.