Blitz

A razão pela qual Brendan Fraser não irá aos Globos de Ouro se for nomeado por “The Whale”

17 novembro 2022 11:00

“A minha mãe não criou um hipócrita”, afirmou o ator. Em causa está um incidente ocorrido em 2003

17 novembro 2022 11:00

O ator Brendan Fraser anunciou que irá boicotar a cerimónia de 2023 dos Globos de Ouro, caso seja nomeado pelo seu trabalho em “The Whale”.

Em entrevista à “GQ”, Fraser apontou o seu historial com a Associação da Imprensa Estrangeira de Hollywood, que organiza os Globos de Ouro, como motivo. “Tenho mais histórias com eles do que respeito por eles”, atirou.

“A minha mãe não criou um hipócrita. Podem chamar-me muitas coisas, mas isso não.”

Em 2018, o ator acusou Philip Berk, antigo presidente da Associação, de o ter assediado em 2003. À altura, Berk negou que tal tivesse acontecido, ao passo que a Associação emitiu um comunicado onde se posicionava contra “o assédio sexual e este tipo de comportamentos”.

À “GQ”, Fraser disse que a Associação lhe propôs emitir um comunicado em conjunto, no qual era escrito que Berk o tocou de forma inapropriada, “mas como piada”. O ator recusou assinar o documento.

“Sabia que iriam cerrar fileiras. Que iriam enterrar a cabeça na areia. Percebi que não tinha futuro nenhum com esse sistema”, concluiu.

Conhecido pela participação em filmes de aventura e comédia, Brendan Fraser é o protagonista do filme “The Whale”, do realizador Darren Aronofsky, tendo recebido uma ovação em pé pelo seu desempenho, no Festival de Veneza. Em Portugal, o filme, sobre um homem que sofre de obesidade mórbida, teve antestreia esta quarta-feira, no Teatro Tivoli, em Lisboa, no âmbito do festival Leffest.