Blitz

Brett Anderson (Suede): “Não há muitos artistas cinquentões que ainda façam música interessante. Mas nós sim”

Suede no EDP Vilar de Mouros
Suede no EDP Vilar de Mouros
RUI DUARTE SILVA

O vocalista dos Suede, que recentemente atuaram no festival de Vilar de Mouros, diz que considera que a sua banda ainda faz “um trabalho válido” numa fase avançada da sua carreira

Brett Anderson deu uma entrevista ao tablóide britânico “The Sun”, onde defendeu que os Suede continuam a fazer “um trabalho válido”, mesmo estando já numa fase avançada das suas carreiras.

“Vou dizer algo bastante arrogante: não há muitos artistas cinquentões que ainda façam música interessante. Mas nós sim”, disse.

O vocalista, que com os Suede atuou recentemente no festival EDP Vilar de Mouros, lançando um novo álbum - “Autofiction” - na passada sexta-feira, explicou ainda que o que o motiva a continuar é não se sentir “satisfeito” com os seus trabalhos anteriores.

“Sinto-me sempre algo desapontado, mesmo quando a música é elogiada pela crítica”, afirmou. “Ainda temos muito a provar. Gosto de pensar que lá chegaremos, faz parte do meu processo. Temos de continuar a procurar por algo melhor, mesmo que a perfeição seja uma ilusão”.

Tem dúvidas, sugestões ou críticas? Envie-me um e-mail: clubeexpresso@expresso.impresa.pt

Comentários

Assine e junte-se ao novo fórum de comentários

Conheça a opinião de outros assinantes do Expresso e as respostas dos nossos jornalistas. Exclusivo para assinantes

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para se juntar ao debate
+ Vistas