Blitz

Freddie Mercury: quem herdou a sua fortuna e quem ainda está a receber dinheiro?

Freddie Mercury
Freddie Mercury
Getty Images

Teria no início desta semana celebrado 76 anos se fosse vivo. O cantor dos Queen, falecido precocemente em 1991, tinha uma fortuna avaliada em quase 50 milhões de euros. Quase 31 anos depois, quem continua beneficiário da herança de um dos maiores ‘entertainers’ de todos os tempos?

Após a sua morte, a 24 de novembro de 1991, Freddie Mercury doou a sua mansão de Londres, 50 por cento de seus royalties de discos e a maior parte da sua riqueza pessoal a Mary Austin, a namorada mais duradoura do artista, no início da década de 70, que se tornaria a sua melhor amiga. O restante foi repartido entre os seus pais e a irmã.

Freddie Mercury e a antiga namorada, Mary Austin, em 1986
Dave Hogan

De acordo com um relatório citado recentemente pelo jornal inglês Daily Express, Freddie teria acumulado uma fortuna de perto de 50 milhões de euros durante o seu tempo de vida, montante que duplicaria nos 20 anos após sua morte.

Mary receberá hoje cerca de 19% das receitas de cada digressão ou exposição dos Queen, e terá sido essa a fatia que amealhou também pelo filme "Bohemian Rhapsody", onde viu o seu 'papel' representado pela atriz Lucy Boynton. A 'biopic' de Freddie incrementou os lucros da banda nos últimos anos: a Mary Austin terá cabido uma fatia de perto de 48 milhões de euros, com cada um dos restantes elementos da banda - Brian May, Roger Taylor e John Deacon - a encaixar quase 75, segundo várias fontes.

Da 'folha de pagamentos' da herança de Freddie constam ainda somas concretas para Jim Hutton, o jardineiro e último companheiro, o cozinheiro Joe Fanelli, o assistente pessoal Peter Freestone: quase 600 mil euros para cada um em 1992. O motorista do músico, Terry Giddings, recebeu 118 mil euros há 29 anos.

Os seus pais, Bomi e Jer Bulsara (entretanto falecidos), terão recebido uma soma não divulgada, o mesmo acontecendo com a única irmã do artista, Kashmira.

Tem dúvidas, sugestões ou críticas? Envie-me um e-mail: clubeexpresso@expresso.impresa.pt

Comentários

Assine e junte-se ao novo fórum de comentários

Conheça a opinião de outros assinantes do Expresso e as respostas dos nossos jornalistas. Exclusivo para assinantes

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para se juntar ao debate
+ Vistas